VISTORIA DE IMÓVEIS

Hoje o assunto é VISTORIA DE IMÓVEIS. Por que? Porque existe uma infinidade de vistorias que podem ajudá-los e vocês nem imaginam.

Aqui vamos citar brevemente algumas das mais importantes para ver se alguém aí precisa ou já precisou um dia.

Quando se fala em VISTORIA DE IMÓVEIS, a primeira que vem à cabeça é a VISTORIA LOCATIVA, sim esta talvez seja a mais comum mesmo. A VISTORIA LOCATIVA é dividida em Entrada e Saída e serve para amparar as partes envolvidas em um contrato de locação de imóveis.

Na VISTORA DE ENTRADA são verificadas as condições do imóvel, no que diz respeito a pintura, funcionamento dos equipamentos, mobiliários, entre outros. Nesta realiza-se um registro fotográfico completo para aumentar a confiabilidade do que foi exposto no relatório do vistoriador e para sanar possíveis dúvidas que possam surgir na vistoria de saída.

Na VISTORIA DE SAÍDA é realizada uma conferência com o locatário do que foi exposto na vistoria de entrada e as divergências devem ser corrigidas e entregues como original ao locador.

Existe ainda, dentro das locativas, mas menos utilizada, as VISTORIAS RENOVATÓRIAS, mas aí o nome é autoexplicativo.

Outras modalidades de VISTORIAS DE IMÓVEIS, podem atender a transações imobiliárias de compra e venda. Como por exemplo, a VISTORIA DE ESTABILIDADE. Neste caso, o engenheiro é contratado pelo interessado na compra do imóvel, para que este realize uma verificação das condições construtivas do bem imóvel. Além da estrutura, são verificados possíveis vícios que venham a desvalorizar o referido bem.

Há também a VISTORIA DE AVALIAÇÃO, esta normalmente contratada pelo banco, para que se de um parecer sobre o valor de mercado do mesmo, mas isto é assunto para outro post.

Outro tipo de vistorias de imóveis dentro da Engenharia, são as VISTORIAS DE RECEBIMENTO OU ENTREGA DE OBRA/APARTAMENTO, estas podem ser solicitadas tanto pelo cliente quanto pelo construtor.

O construtor normalmente tem uma equipe própria que realiza uma vistoria fina ao fim da obra com o propósito de realizar a entrega aos seus clientes, porém algumas vezes ele pode terceirizar este serviço.

O cliente que não se sente seguro em avaliar a qualidade do que está sendo entregue recorre a ajuda de um especialista. O interessante desta contratação é que o olhar é livre do fator emocional do recebimento do imóvel, assim, o profissional se atenta aos detalhes construtivos e possíveis imperfeições na construção, claro contando também com sua experiência no assunto. Além disso, ele realiza a verificação documental (plantas, memoriais, contratos de kits adicionais) para evitar que o cliente receba algo diferente do que efetivamente contratou.

Neste caso, mais importante que no próprio apartamento, é realizar esta vistoria nas áreas comuns de condomínios, pois aí é onde podem se encontrar os defeitos mais onerosos e maiores discrepâncias dos projetos.

Uma das mais importantes é a VISTORIA DE DEFEITOS CONSTRUTIVOS, nesta o objetivo é diagnosticar as anomalias, realizar a classificação apontando as possíveis causas e prescrever os métodos para correção dependendo sempre do nível de contratação do serviço. Aqui, poderão ser contratados também ensaios tecnológicos, que também serão comentados em outra oportunidade.

Outros tipos mais direcionados para construtores são as VISTORIA DE ESTÁGIO DE OBRA, VISTORIAS DE ACOMPANHAMENTO DE OBRA E QUALIDADE DOS MATERIAIS e VISTORIA CAUTELAR DE VIZINHANÇA.

Em breve, falaremos com mais profundidade sobre cada uma destas vistorias.

Se tem dúvidas ou gostaria de saber mais sobre alguma destas VISTORIAS DE IMÓVEIS, deixa um comentário para a gente.

Ah, e fiquem ligados que em breve vamos fazer um post dando dicas e disponibilizar um checklist para você fazer uma vistoria de recebimento de apartamento sem dores de cabeça, ok!?  😉

Abraço!

Equipe Feitor Engenharia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *